Se está a planear iniciar uma exploração agrícola ao ar livre ou a sua própria herdade, criar uma galinha Rhodebar é um excelente primeiro passo. Estas galinhas são muitas vezes a escolha dos criadores de aves iniciantes devido à sua natureza calma e dócil, bem como à simplicidade dos seus cuidados e manutenção.

As galinhas Rhodebar são também uma raça de dupla finalidade que pode ser utilizada para a produção de carne e de ovos. Proporciona uma vasta gama de benefícios tanto para os agricultores profissionais como para os criadores de quintal. Para o ajudar a iniciar o seu percurso na criação desta útil raça, continue a ler para obter mais informações sobre os seus antecedentes, personalidade, saúde e o que as torna únicas.

Qual é a origem da Galinha de Rhodebar?

A galinha Rhodebar, uma raça excecionalmente rara, foi criada com êxito no Reino Unido na década de 1950. Foi criada a partir da galinha barrada de Plymouth Rock, da galinha de Rhode Island e do galo Golden Brussbar. Foi inicialmente denominada Redbar, mas foi-lhe dado um nome mais adequado, Rhodebar.

Durante este período, os criadores desenvolveram várias linhagens com o objetivo de criar raças auto-sexuadas que também pudessem ser grandes poedeiras. Começaram por utilizar a Brussbar, uma raça auto-sexuada derivada da Barred Plymouth Rock e da Brown Sussex, que foi depois cruzada com Rhode Island Reds para melhorar a capacidade de postura de ovos da galinha.

O que torna a galinha Rhodebar rara é a sua inclusão no grupo de raças únicas de galinhas auto-sexuais. As raças auto-sexuais, que incluem raças puras quase extintas e galinhas de herança, têm barbas e cores de penas distintas. Os pintos são fáceis de distinguir como machos ou fêmeas mesmo com um dia de idade.

A engenharia genética entre as características autosexuais da Brussbar britânica e a capacidade de postura de ovos da Rhode Island Red, de raça americana, deu origem à Rhodebar de dupla finalidade.

Esta raça não é apenas um cruzamento entre duas culturas, mas também uma combinação muito apreciada de praticidade e aparência distinta. Uma vez que a raça produz pintos visivelmente sexuados que também podem pôr ovos coloridos, oferece uma vantagem funcional para os agricultores e entusiastas de aves domésticas.

O Rhodebar obteve a sua padronização pelo Poultry Club of Britain em 1952. Apesar da aprovação do padrão da raça, nunca alcançou popularidade como raça de exposição. No entanto, sempre foi conhecida como uma raça utilitária, o que a torna essencial para fins de subsistência.

Para além dos britânicos, há também criadores de outros países que tentaram recriar a criação bem sucedida do Rhodebar. Em 1947, a Universidade da Colúmbia Britânica em Vancouver, Canadá, tentou cruzar o Rhode Island Red com o Barred Plymouth Rock. Infelizmente, a tentativa produziu apenas um dos pintos de cinco dias que podem ser sexados de forma fiável.

Qual é o aspeto de um frango Rhodebar?

Como já foi referido, os frangos Rhodebar machos e fêmeas podem ser distinguidos mesmo com um dia de idade devido às suas características físicas distintas. A sexagem dos pintos é bastante fácil. As fêmeas têm riscas escuras ao longo do dorso, enquanto os machos são amarelos. Antes de nos debruçarmos sobre as suas características, vamos primeiro definir alguns termos.

Barramento - o barramento refere-se às riscas ou "barras" nas penas da galinha.

Plumagem - termo coletivo que se refere às penas de uma galinha

O quadro seguinte apresenta as características dos frangos machos e fêmeas da raça Rhodebar.

Características dos frangos machos e fêmeas da raça Rhodebar

Masculino Feminino
Plumagem Vermelho escuro com barrado - Vermelho escuro com barrado acinzentado

- Barras pretas no centro

Barramento Estreito na parte inferior do corpo - Estreito em direção à parte superior do corpo

- A barrica preta é mais comprida do que a barrica cinzenta

Caudas Revestido com várias cores, como o castanho claro, o branco e o preto. Mais pequeno e com cores pretas e brancas.
Peso padrão Galo: mínimo de 8,5 lbs

Galo: 8 lbs

Galinha: mínimo de 6,5 lbs

Frango: 5,5 lbs

Corpo Largo, com costas compridas e seios fartos
Rosto Vermelho com olhos vermelhos ou cor de laranja

Os olhos têm pupilas bem definidas

Pentes, barbilhões e lóbulos das orelhas pentes simples e verticais

Barbilhões arredondados

O pente, o barbilhão e o lóbulo da orelha são de um vermelho vivo

Bico Amarelo brilhante e curto
Pernas e pés Amarelo vivo

Tem quatro dedos nos pés

As galinhas adultas têm uma forte semelhança com os Rhode Island Reds em termos de cor e forma, exceto que estes últimos têm pontas pretas na cauda.

É necessário ter em atenção os seguintes defeitos graves que podem ser encontrados em alguns frangos Rhodebar.

  • Peito torto ou quaisquer deformações no corpo
  • Lóbulos das orelhas que não são vermelhos
  • Cauda torta
  • Pernas que não sejam de salgueiro claro, amarelas ou cor de laranja
  • O pente do macho está a cair ou parece estar torcido
  • Pupilas que não estão claramente definidas ou não são redondas

Qual é a personalidade dos frangos Rhodebar?

A raça Rhodebar é conhecida pela sua natureza amigável e dócil. No entanto, as galinhas são mais calmas do que os galos. Os galos podem tornar-se bastante agressivos e tendem a intimidar as raças de galinhas mais fracas, como as Cochins ou as galinhas polacas.

Mas não deixe que a personalidade forte dos machos Rhodebar o impeça de os criar. Eles podem tornar-se amigáveis se lhes for dada a oportunidade de terem boas interacções com humanos e outras aves.

É importante ter em conta que estas galinhas são animais muito confiantes, pelo que é importante que os criadores de galinhas construam uma boa relação com elas. É melhor não as traumatizar ou assustar para que aprendam a comportar-se bem. Depois de ganharem a confiança do seu cuidador, podem tornar-se bons companheiros para jovens e idosos.

As galinhas adoram interagir com os seres humanos e, por vezes, sentam-se ao colo ou empoleiram-se no ombro. Adoram ser abraçadas e procuram frequentemente o toque humano. Os galos, tal como a maioria dos rapazes, podem ser turbulentos e bicam as patas de forma brincalhona. Adoram correr colinas acima e abaixo.

Alguns criadores de galinhas de quintal atestam que estas galinhas são seres inteligentes e confiantes, que gostam de estabelecer contacto visual e que são curiosas acerca do seu ambiente.

Além disso, as galinhas de Rhodebar adoram passear e procurar minhocas, insectos e outros alimentos naturais. Não danificam as plantas e os legumes da horta. Estas galinhas são naturalmente curiosas e arranham frequentemente o solo à procura de coisas interessantes.

Esta raça, bastante descontraída, é um astuto explorador livre e é capaz de encontrar comida para si próprio quando é deixado à solta no quintal.

Estas aves resistentes adaptam-se facilmente a qualquer clima, o que as torna uma boa opção para a criação em pastagens.

As galinhas de Rhodebar são boas para pôr ovos?

As galinhas de Rhodebar são excecionalmente boas poedeiras e podem produzir cerca de 180-250 ovos castanhos claros num ano. Com cerca de seis meses de idade, já podem produzir cerca de 200 ovos durante o seu primeiro período de postura.

O número de ovos produzidos varia entre 150 e 250 ovos por ano. As galinhas de Rhodebar também são conhecidas por pôr ovos grandes, pelo que são benéficas não só para consumo pessoal mas também para fins comerciais.

Estas galinhas resistentes conseguem pôr ovos mesmo durante o inverno e são capazes de produzir ovos mesmo em locais com longos períodos de frio. No entanto, o número de ovos produzidos pode diminuir durante os meses frios, mas a qualidade pode continuar a ser excelente, desde que sejam tratados com cuidado e tenham uma alimentação adequada.

Veja este vídeo de uma galinha Rhodebar quando está prestes a pôr ovos.

O que se pode fazer se a produção de ovos for baixa?

Pode haver alturas em que a produção de ovos se torne significativamente baixa. Se isto acontecer às suas galinhas, pode introduzir uma nova linha na sua linhagem. O que pode fazer é encontrar algumas galinhas Rhode Island Red de boa qualidade. Depois, coloca os seus galos Rhodebar sobre as fêmeas Rhode Island.

Este processo de acasalamento produzirá galinhas puras, mas a descendência dos galos não será pura. O próximo passo seria acasalar os seus galos Rhodebar com as galinhas puras. Este processo produzirá então uma descendência totalmente pura. A partir daí, pode continuar a linha e, com sorte, a produção de ovos irá florescer.

As galinhas de Rhodebar são chocas?

As galinhas ruivas não costumam chocar, pelo que são perfeitas para a produção de ovos, mas há alturas em que decidem ativar os seus instintos maternais e começam a chocar. Como são naturalmente calmas e dóceis, podem sentar-se pacientemente nos seus ninhos para proteger os seus ovos.

Os frangos Rhodebar ficam doentes?

Os frangos Rhodebar são aclamados pela sua excelente saúde e robustez. Também são conhecidos por se desenvolverem em vários climas e condições meteorológicas. Ao contrário de outros grupos de aves mais famosos, não têm doenças específicas da raça conhecidas. Mas, por vezes, estas aves robustas ainda apanham problemas de saúde menores, como os seguintes:

Ácaros das galinhas

Os ácaros das galinhas movem-se na pele da galinha. Os parasitas parecem pequenos pontos vermelhos ou pretos e os seus ovos parecem aglomerados duros semelhantes a bolhas. Podem morder e sugar até seis por cento do sangue da galinha por dia.

As galinhas podem sofrer de uma diminuição do sistema imunitário e de anemia devido a uma forte infestação de ácaros que, se não for tratada, pode causar doenças graves ou mesmo a morte.

Piolho das galinhas

Um parasita menos invasivo é o piolho das galinhas. Estas criaturas desagradáveis parecem grãos de arroz em movimento e põem os seus ovos na base das penas. Alimentam-se de pele morta, sangue seco e crostas de feridas. A infestação não é fatal, mas pode fazer com que o Rhodebar perca a sua beleza e vibração.

Certifique-se de que inspecciona o seu bando duas vezes por mês para verificar a presença destes parasitas. Alguns sinais comuns de que as suas galinhas já estão a ser infestadas são penas com aspeto sujo, crostas e manchas calvas. Também pode notar que há uma diminuição significativa na produção de ovos e na atividade física. Quando isto acontece, pode aplicar sprays contra piolhos e ácaros disponíveis na maioria das lojas de animais.

Este vídeo vai orientá-lo sobre como tratar os piolhos e os ácaros encontrados nas suas galinhas.

Ventilação Prolapsada

Também conhecido como "blowout", um respiradouro prolapsado é mais comum em raças que são produtoras prolíficas de ovos, como as galinhas Rhodebar. Esta condição é caracterizada por um respiradouro invertido que se projecta do corpo da ave. É tratável, especialmente quando detectado precocemente.

Uma vez que a obesidade é uma das causas do prolapso do respiradouro, uma dieta adequada e exercício para as suas aves são a melhor prevenção desta condição.

9 conselhos para a criação de galinhas do Rodízio

A galinha Rhodebar é uma raça que requer pouca manutenção, pelo que os cuidados a ter com ela são bastante simples. Para a manter em boa forma, reunimos nove dicas de cuidados e manutenção.

  1. Construa um galinheiro robusto e seguro para as suas galinhas. Mesmo que as Rhodebars adorem andar por aí, elas precisam de uma casa onde possam pôr os ovos em paz e descansar à noite.
  2. As galinhas de Rhodebar põem um grande número de ovos, pelo que precisam de um espaço seguro onde possam fazer o seu trabalho e recarregar energias.
  3. Instale poleiros de madeira mais altos do que as caixas de nidificação, para que as galinhas tenham um lugar seguro para dormir e para as proteger dos parasitas e das pragas.
  4. Limpe regularmente os galinheiros e certifique-se de que elimina as penas soltas que servem de viveiro para piolhos e ácaros.
  5. Proporcione ao seu bando uma área onde possam tomar banho de pó. Os banhos de pó desempenham um papel importante na vida das galinhas, pois é aí que elas se limpam, relaxam e socializam com as outras galinhas do bando.
  6. Certifique-se de que coloca em quarentena as aves recém-chegadas ao seu galinheiro. Não permita que se misturem com o seu bando existente até ter a certeza de que estão todas saudáveis e seguras.
  7. Instale aquecedores no galinheiro para ajudar as galinhas a manterem-se confortáveis durante o inverno. Os Rhodebars são propensos a queimaduras de frio, pelo que manter o galinheiro aquecido evitará que isso aconteça.
  8. Para facilitar um processo produtivo de postura dos ovos, equipar o galinheiro com uma luz amarela suave. Certifique-se de que esta se desliga à noite, uma vez que demasiada luz pode irritar e causar-lhes stress.
  9. Alimente o seu bando com uma ração para poedeiras a 16 % e dê-lhes suplementos de cálcio para manter a quantidade e a qualidade dos ovos que irão produzir.

Em conclusão

Quer se trate de um novo criador de aves ou de um criador experiente que procura uma nova raça para criar, a raça Rhodebar é uma escolha altamente recomendada. A sua personalidade descontraída e os seus cuidados de baixa manutenção proporcionar-lhe-ão momentos mais relaxantes e agradáveis enquanto cuida do seu bando.

Além disso, a capacidade de postura dos ovos, as exigências nutricionais simples, o sistema imunitário forte e a saúde robusta da raça fazem dela uma escolha mais económica.

Embora seja verdade que os galos Rhodebar podem dar muito trabalho, podem ser geridos com dedicação e com os cuidados certos.

Rolar para o topo