Já alguma vez pensou em criar uma galinha de estimação dentro de casa? Esta ideia pode ter-lhe passado pela cabeça porque não tem um relvado ou porque quer estar mais perto da sua galinha. Seja qual for a razão, criar uma galinha de estimação dentro de casa é possível e divertido.

É claro que as galinhas de interior não são como os nossos animais de estimação típicos, como os cães e os gatos, mas quem disse que não podem ser também animais de estimação de interior? Eis tudo o que precisa de saber sobre como criar uma galinha de interior.

Uma galinha de interior

As galinhas são geralmente aves de exterior. Precisam de muito espaço para correr e adoram procurar alimentos. No entanto, também podem gostar de ficar dentro de casa. Ter uma galinha a viver consigo dentro de casa pode parecer muito trabalhoso, mas criar uma galinha dentro de casa pode ser divertido e gratificante se for feito da forma correcta.

Ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, as galinhas adaptam-se rapidamente ao seu estilo de vida. Em pouco tempo, ficar no sofá consigo a ver televisão tornar-se-á uma segunda natureza para elas. Esta ligação pode continuar enquanto elas produzem ovos frescos para si.

Começámos a criar uma galinha de interior por acaso. Tudo começou quando a nossa galinha adoeceu e precisou de cuidados extremos. Não podíamos dar-lhe a atenção de que necessitava sem a trazer para dentro de casa. Trouxemo-la para dentro de casa e ela tornou-se parte da família sem darmos por isso.

Em poucas semanas, ela já conhecia a casa e corria diretamente para a sala de estar sempre que a televisão estava ligada. Tornou-se uma experiência tão agradável que, quando ela melhorou, não conseguimos voltar a mandá-la para a rua.

Coisas a considerar antes de decidir criar uma galinha de interior

Embora a ideia de criar uma galinha de estimação dentro de casa possa ser emocionante para si, há algumas coisas que deve considerar antes de decidir criar uma:

1. as galinhas criam pelo e pó

As galinhas não têm pelo, mas muitas pessoas são alérgicas ao pó e ao pelo que produzem. Antes de criar uma galinha dentro de casa, deve certificar-se de que ninguém na sua família é alérgico ao pó e ao pelo da galinha. Se alguém na sua casa for ligeiramente alérgico, deve encontrar um lugar para a sua galinha de estimação no exterior.

As galinhas de interior podem causar sujidade, uma vez que tendem a produzir dejectos animais que têm de ser limpos regularmente. Podem também procurar comida e bicar em busca de comida, que depois se espalha pela casa.

As galinhas também podem transportar para o seu espaço pequenos parasitas, como piolhos e ácaros, que podem afectá-lo a si e a outros animais de estimação de forma prejudicial.

2. é necessário um compromisso para toda a vida

Como já foi referido, uma galinha adapta-se facilmente ao seu estilo de vida e, se lhe for permitido ficar dentro de casa durante algum tempo, habituar-se-á a esse estilo de vida e criará laços consigo.

Quando decidir criar uma galinha de interior, deve estar preparado para o tempo de vida da galinha. Uma galinha típica vive, em média, dez anos. Trata-se de um compromisso a longo prazo, pelo que deve ter isso em conta antes de tomar uma decisão.

3) São permitidos animais de estimação no vosso apartamento?

Se estiver a viver num apartamento alugado, deve informar-se junto do senhorio se pode trazer animais de estimação. Se os animais de estimação não forem permitidos no interior, é muito provável que as galinhas também não sejam bem-vindas.

Embora algumas raças possam ser mais silenciosas do que outras, a maioria das galinhas pode ser barulhenta e desagradável num complexo de apartamentos.

4. outros animais de estimação na casa

Se já tem um gato ou um cão em casa, trazer uma galinha pode ser uma má ideia. O cão ou o gato podem assustar e até magoar a sua galinha de interior.

As galinhas são presas naturais na natureza e os animais de estimação que já se encontram em sua casa podem ser afectados pelo aparecimento súbito de um outro animal e fazer com que eles magoem a sua galinha.

Manter um registo de todos os seus animais é importante, especialmente quando se adicionam novas galinhas dentro de casa. Ajuda a manter as coisas organizadas entre os animais de estimação, especialmente quando se trata de gerir e evitar a transferência de doenças de uma espécie para outra.

Tenha em atenção que também deve colocar os seus novos animais de estimação em quarentena durante pelo menos duas semanas para evitar a propagação da doença. Os piolhos e ácaros da galinha podem ser potencialmente transferidos para cães e gatos.

Como criar uma galinha de interior

Agora que já verificou todos os requisitos, vamos aprender a criar uma galinha de estimação dentro de casa. Aqui está um guia passo a passo para o ajudar a navegar por todo o processo:

1. escolher a galinha de interior correcta

Para escolher a galinha de interior adequada, deve ter em conta o tamanho e o temperamento. Eu prefiro uma galinha a um galo porque a primeira é menos excitável e dá menos problemas do que o segundo.

Para além do tamanho e do temperamento, a raça da galinha também é importante. É mais conveniente criar algumas raças de galinhas do que outras. Por exemplo, a galinha Silkie é uma galinha amigável e peculiar que está no topo da minha lista das melhores raças de galinhas para criar dentro de casa.

A galinha tem uma plumagem sedosa e, se tiver filhos, eles vão adorá-la.

A Galinha Sultão é outra raça de galinha que pode considerar criar dentro de casa. É uma ave ornamental com uma crista inchada e uma cauda longa. Esta galinha é elegante e não agressiva, o que a torna muito fácil de manusear.

Há muitas outras raças de galinhas por onde escolher, e as seguintes também fazem parte da minha lista das melhores galinhas de interior: galinha Cochin, Barbu D'Uccles e galinha Polaca.

2. preparar o local onde a galinha vai ficar

Tem de decidir se a galinha terá acesso total a todas as áreas da sua casa ou se ficará restringida a áreas específicas da sua casa. Limitar o movimento da galinha na sua casa não é uma má ideia; algumas pessoas deixam apenas o rés do chão ou outra área aberta para a galinha. Também não quer que a galinha tenha acesso aos quartos dos seus filhos ou a outros locais onde osa galinha pode ser prejudicada.

Além disso, é necessário adquirir uma gaiola ou galinheiro interior para que a galinha possa brincar sem supervisão. Ao fazê-lo, deve proporcionar à galinha um ambiente o mais natural possível. Esta prática significa acrescentar coisas como serradura e palha.

O chão da gaiola deve ter um substrato que ajude a amortecer o corpo da galinha. A palha é o melhor substrato para a cama da galinha, proporcionando calor e um equilíbrio saudável de germes. A gaiola também deve ter espaço suficiente para a galinha comer, mover-se e dormir.

As galinhas adoram tomar banhos de pó, o que muitas vezes pode criar uma confusão à volta da gaiola. Por isso, considere manter a gaiola longe da cozinha e dos quartos. As áreas à volta da gaiola também devem ser fáceis de limpar, e sugiro que utilize um pavimento de linóleo à volta da gaiola.

Para uma higiene adequada, limpe regularmente a gaiola das galinhas, o que recomendo fazer pelo menos três vezes por semana.

3. tomar providências para o cocó da galinha

Muitas pessoas que consideram criar uma galinha dentro de casa fazem-no porque simplesmente não conseguem imaginar o cocó da galinha na sua sala de estar.

Algumas raças de galinhas produzem mais dejectos do que outras, pelo que é essencial ter este aspeto em conta ao escolher uma galinha.

Eis as melhores técnicas que utilizamos:

1. fraldas de frango

Sim, eu sei que parece estranho, mas existem fraldas para galinhas. Tal como as fraldas normais para bebés, estas ajudam a galinha a deslocar-se pela casa sem que se preocupe com o facto de ela estragar tudo. Antes de comprar fraldas, certifique-se de que a sua raça de galinha é adequada para elas.

2. treinar o seu frango de estimação

Pode optar por treinar a sua galinha, tal como faria com um cachorro, com guloseimas ou com um clicker para usar sempre a caixa de areia. Para o conseguir, coloque a galinha numa caixa de areia quando notar que ela está prestes a libertar dejectos e recompense-a com uma guloseima depois. Desta forma, a galinha começará a associar o uso da caixinha (bom comportamento) com a obtenção de guloseimas.

Depois de a galinha se ter familiarizado com a utilização da caixa de areia, pode passar a usar um clicker em vez de guloseimas. A galinha irá instintivamente para a caixa de areia quando ouvir o som do clicker.

Algumas pessoas preferem limpar as fezes à medida que a galinha as excreta, o que não é muito cómodo e não há garantia de que não se perca algum cocó nalguns cantos.

Cuidar da sua galinha de interior

Quando a galinha estiver dentro de casa, tem de começar a tratar dela imediatamente.

  • Higiene Limpeza regular e adequada do ambiente da galinha
  • Água limpa e fresca: Mantenha um abastecimento constante de água fresca para o seu novo animal de estimação. Pode comprar bebedouros especialmente concebidos para evitar que as galinhas caiam neles e se afoguem.
  • Boa alimentação O seu frango de estimação deve ser alimentado com uma dieta granulada. A alimentação fresca é essencial para o crescimento e a saúde do frango. Além disso, complemente a sua dieta com vinagre de sidra de maçã (ACV).

Para além do ACV, pode adicionar outros suplementos, como alho esmagado, verduras frescas, probióticos e ingredientes ricos em proteínas.

Criar laços com a sua galinha de estimação

A ligação com a sua galinha de estimação é o que faz dela um animal de estimação em primeiro lugar. Tem que observar a sua galinha diariamente para conhecer o seu comportamento e temperamento. Isto também o ajudará a controlar a saúde da galinha.

Falo com a minha galinha de estimação e chamo-a sempre pelo seu nome. Também gosto de imitar os seus arrulhos, cacarejos e urros, porque isso ajuda-me a aproximar-me dela.

Tal como qualquer outro animal de estimação, demonstre muito afeto à sua galinha de estimação. Crie o hábito de lhe esfregar suavemente a parte de trás do pescoço, pois todas as galinhas adoram isso. Quando não estiver muito ocupado, reserve algum tempo para brincar com ela.

Dê à galinha algum tempo ao ar livre

As galinhas adoram estar ao ar livre, e a sua galinha de interior não é diferente. Por isso, arranje espaço para a sua galinha dar um passeio diário no exterior. Além disso, a luz do sol ajuda na produção de ovos.

Embora o nome sugira que as galinhas de interior devem ser deixadas dentro de casa, há alguns riscos em não as deixar sair para o sol, nomeadamente a falta de luz solar e de vitamina D.

As galinhas podem seguir em segurança os seus comportamentos naturais no exterior, como coçar o chão, bicar as plantas e os insectos e explorar as redondezas. Isto ajuda a manter a sua saúde física em forma, dando-lhes espaço para voarem livremente e fazerem o tão necessário exercício.

Conclusão

Criar uma galinha de estimação não só é viável como também é gratificante. Como já referimos até agora, tudo o que tem a fazer é tomar as medidas necessárias e está no bom caminho para criar uma bela galinha de família.

Agora, está pronto para criar uma galinha de estimação?

  • Planear o local onde a galinha vai ficar
  • Ter um "plano de cocó".
  • Esteja preparado para cuidar do seu frango, e
  • Prepare-se para criar laços com a sua galinha de estimação.

Se tiver alguma dúvida, não hesite em colocar as suas questões na caixa de comentários abaixo.

Rolar para o topo